Os vaqueiros vão dançar

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O mercado de “tecnologia vestível” (wearable computing, no original) para animais é estimado em 2.6 bilhões de dólares. Não se trata de roupinha para pets, mas de dispositivos que ajudam a gerenciar rebanhos, verificando temperatura corporal, detectando se uma vaca está no período adequado para a inseminação ou até mesmo emitindo alarmes contra predadores. Um dos fornecedores diz que o benefício para o criador de animais é que ele pode “aproveitar sua vida social”. Ou seja, ele pode dançar, já que seu os dispositivos conectados aos seus animais monitoram constantemente o seu bem-estar e enviam dados para um servidor central. No site  http://www.secondlivestock.com o artista Austin Stewart imagina um Second Life para que frangos criados em confinamento possam ter a experiência de ciscar num mundo livre.

+ A revista Modern Farmer explica os usos de computação vestível para animais.

++ O artista Austin Stewart criou um Second Life para galinhas

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s